Pigmentos

André Lima Colorimetria 0 Comments

Pigmento é uma substância que é utilizada para dar cor a tintas, vernizes, esmaltes, cosméticos, medicamentos, alimentos, etc.

Os pigmentos inorgânicos são derivados dos minérios, mais comumente do óxido de ferro, que é o minério mais bem tolerado pelo organismo. Porém nem todas as cores são obtidas a partir dele e outros metais são utilizados, resultando nas cores opacas, chamadas de terrosas. Essas cores apresentam diversas características importantes para a micropigmentação, como: opacidade elevada; alto poder de cobertura; facilidade de uso; possibilidade de produtos micronizados (que têm suas partículas diminuídas para seis microns ou menos), facilitando sua fixação e permanência na pele.

Já os orgânicos são os pigmentos que tem como base o carbono orgânico, e que são, originalmente, extraídos de plantas ou materiais de origem animal. O carbono, elemento que é a base de química orgânica, combina-se perfeitamente com ele mesmo e com outros elementos, formando fortes ligações que jamais se desligam. Os três elementos mais utilizados na síntese destes pigmentos são o hidrogênio, o oxigênio e o nitrogênio. Dependendo de sua posição e quantidade na ligação com o carbono, nos fornecem as tonalidades desejadas, que sempre originam as cores mais brilhantes como vermelho, amarelo e laranja.

Os pigmentos orgânicos se dispersam na pele e para prevenir sua dissolução em um curto período de tempo, eles são combinados com uma substância insolúvel, como o hidróxido de alumínio, que age como uma “cobertura” para o pigmento orgânico. Isso favorece a fixação do pigmento na pele por se tornar uma composição de maior peso molecular, além de reduzir o risco de reações, pois o isola o pigmento orgânico do contato direto com o organismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *